“Azulejos” e “Faianças”

Nº de referência da peça: 
C658

Faiança portuguesa “Decoração Wanli”
Lisboa, 1610 – 1625
Diâm.: 39,0 cm
Prov.: Colecção particular, Alcobaça
Figurou em: “Un Siècle en Blanc et Bleu, Les Arts du feu dans le Portugal du XVIIe siècle”, Galerie Mendes, Paris, 2016

Nº de referência da peça: 
C634

Faiança Portuguesa
Lisboa, 1620-1640
Alt.: 26,5 cm

Prov.:
Colecção M.P., Lisboa
Colecção Sangreman Proença, Évora

Nº de referência da peça: 
F1183

Carlos II e Catarina de Bragança, Rei e Rainha de Inglaterra, Escócia e Irlanda
Faiança pintada a azul e vidrada
Holanda ou Inglaterra, ca. 1662

Charles II and Catherine of Braganza, Kind and Queen of England, Scotland and Ireland
Blue painted and glazed faience
Holland or England, ca. 1662

Dim.: 15,6 x 12,3 x 1,5 cm e / and 15,2 x 12,4 x 1,5 cm

Peças Vendidas
Nº de referência da peça: 
C669

Faiança Portuguesa "Decoração Geométrica"
Lisboa, 1600-1620
Diâm.: 29,0 cm

Prov.: Colecção particular Inglesa

Plate
Portuguese faience "Geometric Pattern"
Lisbon, 1600-1620
Diam.: 29,0 cm

Prov.: English private collection

Nº de referência da peça: 
C666

Faiança Portuguesa "Decoração Geométrica"
Lisboa, 1600-1620
Alt.: 23,0 cm

Pot
Portuguese faience "Geometric Pattern"
Lisbon, 1600-1620
Height: 23,0 cm

Nº de referência da peça: 
C668

Faiança Portuguesa "Desenho Miúdo"
Lisboa 1660-1680
Alt.: 29,0 cm

Prov.: Colecção R.Q., Lisboa

Bottle
Portuguese faience "Desenho Miúdo"
Alt.: 29,0 cm

Prov.: R.Q. collection, Lisbon

Nº de referência da peça: 
C580

Faiança Portuguesa
Lisboa, c.1700
Alt.: 28,0 cm
Imponente par de mangas de farmácia em faiança portuguesa, da segunda metade do séc. XVII, de formato tubular, ligeiramente estrangulado ao centro, com pé circular, colo baixo e bordo revirado, decorado a azul sobre esmalte branco.
O bojo é preenchido com as exuberantes armas da Ordem dos Dominicanos, encimadas por coroa real fechada, de onde pende uma pequena borla.
Está ladeado por elementos vegetalistas onde sobressaem folhas de acanto, cornucópias e um edifício, representando eventualmente o mosteiro.

Nº de referência da peça: 
C592

Aquamanil
Faiança Portuguesa
Lisboa, 1620-1640
Dim.: 12,0 x 18,0 cm

Aquamanil em faiança, de fino vidrado entanífero, decorado a azul-cobalto, produzido nas oficinas de Lisboa na primeira metade do séc. XVII e que representa um animal fantástico, inspirado num Kendi em forma de rã, de porcelana chinesa Wanli - Kraak.

Aquamanile
Portuguese faience
Lisbon, 1620-1640
Dim.: 12,0 x 18,0 cm

Nº de referência da peça: 
C421

Excepcional prato em faiança portuguesa, com covo pouco acentuado e aba levantada, coberto com esmalte branco e pintado a azul e vinoso de manganês, num minucioso trabalho de composição designado de Desenho Miúdo. A decoração é tipicamente chinesa com o covo e a aba preenchidos por paisagem orientalizante. No centro surgem dois monges budistas sobre uma ponte à sombra de uma umbella inseridos numa profusa composição vegetalista.

Nº de referência da peça: 
C419

Rara bacia em faiança portuguesa, de covo acentuado, aba chanfrada e bordo canelado, revestido por esmalte branco e decoração de Desenho Miúdo, pintada a azul e vinoso de manganês. Fundo preenchido por profusa decoração vegetalista com aves pousadas em ramos e charcos, destacando-se cruz da Ordem de Malta ao centro. A composição está circundada por orla de três contas, limitada por dois frisos. Na aba um padrão composto por gazelas, aves, casario e vegetação diversa. Tardoz com quatro ramos pintados a azul e vinoso.

Páginas