Mobiliário

Nº de referência da peça: 
A405

A405  Excecional cómoda tombeau em pau-santo maciço, transição D. João V/D. José, de linhas onduladas, concavas e convexas, dita “torta e retorta”, com aplicações em bronze cinzelado. A frente é abaulada, constituída por três níveis de gavetas, separados por vistas de entre panos bem marcados: o superior com duas e os restantes em gavetão, simulando duas gavetas iguais, idênticas às de cima. As frentes destes compartimentos têm uma elegante almofada com dupla moldura periférica de cantos arredondados.

A427 Elegante meia-comoda D. José, do século XVIII, em pau-santo maciço de bonita vergada. Tampo de forma retangular, recortado, com linhas onduladas, emolduradas e rebaixadas, acompanhando a curvatura da frente e ilhargas. Caixa ondulada e abaulada, com duas gavetas e gavetão, orlados por moldura simples. Saial da frente recortado e entalhado, marcado por concha central, denticulada e assimétrica, ladeada por volutas concheadas em “C” e “S”, e finas hastes floridas. Ilhargas recortadas e entalhadas com motivos decorativos rocaillescos.

A376  Raro conjunto de 12 cadeirões D. José, em nogueira americana maciça, entalhada e vazada, com marchetaria em madeira de buxo e espinheiro. Espaldar violoné, de influência Chippendale, decorado com entalhes desenhando flores, cravos e crisântemos, unidos por filetes. Braços abertos, com lindo movimento e entalhamento delineando volutas alongadas e estilizadas. Assento com coxim amovível que repousa num aro em arco de círculo, decorado com motivos vegetalistas repetindo o padrão do espaldar.

A385  Raro e excecional par de cómodas portuguesas da época D. José I, em pau-santo maciço ricamente entalhado, com fundos em vinhático e ferragens em bronze ao gosto rocaille. O tampo é liso e emoldurado, acompanhando frente e ilhargas onduladas com quebras em curva e contracurva. Corpo com duas gavetas e três gavetões, que possuem frentes lisas e moldura dupla, com exuberantes ferragens em bronze.

A396  Nogueira Esta magnífica peça é um exemplo fascinante do móvel português de transição D. João V/ D. José I. O autor interpreta com grande criatividade os dois estilos, resultando numa união perfeita. Cómoda de nogueira entalhada em tombeau.Estrutura bombée com tampo liso de formato rectangular e recortado, moldurado e saliente,acompanhando a acentuada movimentação da caixa em curva e contracurva, repousando sobre tripla moldura.

A419  Elegante mesa de encostar em pau-santo, com bonita vergada, da transição do reinado D. João V para o de D. José. Ao primeiro olhar são as proporções que despertama singularidade desta peça de dinâmico tratamento formal e de particular elegância. O tampo é rectangular, liso e recortado, moldurado,acompanhando o movimento ondulante da frente e ilhargas, em perfeita sintonia.No corpo, a frente tem duas gavetas rematadas por friso periférico e o saial é recortado com concha e folhagens entalhadas.

A309 -A310  Belíssimas cadeiras D. José em pau-santo, com espaldares do tipo violoné, moldurado, de lados reentrantes e cantos arredondados, com cachaço entalhado. Tabela central, recortada,vazada e estofada. Assento trapezoidal, com frente e ilhargas onduladas e recortadas; pernas dianteiras curvas, terminando em pés de enrolamento e traseiras recuadas.

A359  Cómoda D. José de dois gavetões, em pau-santo maciço.Tampo rectangular, liso e levemente moldurado,acompanhando o movimento da caixa. Frente e ilhargas abauladas, com curva e contracurva. Gavetas lisas e com moldura periférica. Saiais frontal e laterais recortados “em chaveta”, simétricos. Pernas galbadas terminando em elegantíssimos pés de garra e bola. Puxadores e espelhos de fechaduras em metal recortado e vazado decorado com elaboradas composições rocaille.

A333 Cómoda D. João V de três gavetões em pau-santo maciço, com frente e ilhargas onduladas e decorada com motivos entalhados. Tampo rectangular, liso e recortado, levemente moldurado, acompanhando o movimento da frente e das ilhargas com cantos dianteiros arredondados. Gavetas com frentes lisas e com embutido desenhando moldura periférica de filete, com motivo floral nos cantos.Saiais frontal e laterais recortados e muito desenvolvidos, decorados com elementos rocaille de disposição simétrica, volutas e enrolamentos vegetalistas.

A390 Excepcional meia-cómoda do século XVIII, de transição D. João V/ D. José, em pau-santo entalhado, com duas gavetas e um gavetão. Tampo liso, rectangular, acompanhando as linhas do corpo, quebrado nos cantos com entalhe em rebaixo.Caixa ondulada e abaulada, na frente e nasilhargas. O saial frontal e os laterais são recortados e esculpidos, decorados com uma profusa talha, de influência rocaille: volutas, concheados e enrolamentos, em perfeita simetria.

Páginas