Madeira

Nº de referência da peça: 
F1009

Raiz de Cryptoméria
Arte Namban, Periodo Momoyama
(1573–1615)
Alt.: 12,0 cm

Namban double-headed figure
Cryptomeria root
Japan, Momoyama Period (1573-1615)
Height: 12.0 cm
F1009

Nº de referência da peça: 
F1268

Madeira lacada de negro, decorada a ouro e prata, e embutidos de madrepérola; ferragens de cobre dourado
Japão, Períodos Momoyama a Edo, ca. 1580-1620
Dim.: 35,0 x 31,0 x 29,0 cm
Proveniência: Colecção particular, Espanha

A Namban Bible Stand (shokendai)
Wood, lacquer, mother-of-pearl, gold and gilt copper
Japan, Momoyama Periodto Edo, ca. 1580-1620
Dim.: 35,0 x 31,0 x 29,0 cm
Provenance: Former Spanish collection

Nº de referência da peça: 
F1114

Madeira, laca, ouro e latão
Sul da China, seculos XVI (finais) a XVII (inícios)
Dim.: 22,9 x 19,1 x 13,7 cm
PrveniÊncia: Colecção A. Fernandes e J. Lico, Lisboa
Exposiçoes:“São Francisco Xavier – A Sua Vida e o Seu Tempo {1506 - 1552}” at Cordoaria Nacional, Lisbon, 2006. Reproduced in the catalogue, p.217, nº 224

Nº de referência da peça: 
F1112

Madeira lacada e dourada; pintura a óleo sobre cobre; ferragens de cobre
Sul da China, séc. XVII (inícios)
Dim.: 59,0 x 78,0 x 5,3 cm
Proveniência: Colecção José Lico, Lisboa

A Dominican Sino-Portuguese Portable Oratory
Wood, lacquer, gold and oil on copper painting
Southern China, early 17th century
Dim.: 59,0 x 78,0 x 5,3 cm
Provenance: José Lico collection, Lisbon

Nº de referência da peça: 
F1022

Invulgar placa indo portuguesa do séc XVII, em madeira com policromia, representando um dos Reis Magos (Baltazar), a meio corpo, com oferenda na mão, e ao lado a Estrela indicadora do Nascimento do Salvador. O rosto apresenta forma geometrizada, com olhar contemplativo, nariz afilado e barba bifurcada. Carrega uma coroa na cabeça e enverga túnica vermelha, com capa verde sobre os ombros. Na mão esquerda segura um vaso com tampa, e a outra leva-a ao peito, em sinal de respeito e de veneração.

Nº de referência da peça: 
F980

Esta pequena pintura devocional executada sobre madeira de teca, de que não se conhece a exacta procedência, foi certamente executada em Goa na primeira metade do século XVII e representa a Santíssima Trindade na forma de Trindade Triândrica.

Nº de referência da peça: 
F865

Escultura luso-oriental do séc. XVII, em madeira com policromia. Numa representação naturalista, o Menino está adormecido sobre o tronco de uma árvore. A cabeça é esculpida com grande delicadeza e traços fisionómicos chineses: cara redonda, olhos rasgados e boca pequena. Toda a sua expressão se assemelha a um pequeno Buda, sugerindo tratar-se de um exemplar da imaginária do Extremo Oriente.

Peças Vendidas