Baú

Nº de referência da peça: 
F1248

Madeira lacada de negro, decorada a ouro, e embutidos de madrepérola; ferragens de cobre dourado
Japão, Períodos Momoyama a Edo, ca. 1580-1620
Dim.: 46 x 69 x 37 cm
Proveniência: Colecção particular, Lisboa

Namban Chest
Wood, lacquer, mother-of-pearl, gold and gilt copper
Japan, Momoyama to Edo period, ca. 1580-1620
Dim.: 46 x 69 x 37 cm
Provenance: Private collection, Lisbon

This chest, following the contemporary Portuguese arched chests called “Bau”, is coated in black urushi lacquer and decorated in gold with mother-of-pearl inlays, with gilt, cut-out and chiseled metal mounts. This dome-shaped chests were exported to Europe, following the Portuguese 16th century prototypes which arrived from Portuguese ships. The dome-shaped lid, innovative in the East, should be emphasized, a shape which the Japanese call 'fish or hedgehog-shaped lid'.

Albeit extremely identical to smaller-sized contemporary examples, this namban chest features two handles, one on each side, in opposition to the single top handle, most commonly found on these pieces.

The profuse decoration in gold, silver and mother-of-pearl spans across all sides of the chest – front, back, top and flanks. Separated and defined only by small borders of scrolling folliage, the rich composition is composed of seven different floral motifs, with the Japanese Camellia identified on the lid, the Paulownia featured on the lid and repeated on the front panel, the Calabash depicted on the back panel as well on the interior of the lid, the Clematis and Pine on the left flank, and the maple and Japanese clover on the right flank. Complementing the dense floral composition, two large birds flying are reproduced on the on the lid and on the front panel.

The brass mounts, a squared lock and latch, the two side handles with button-shaped flaps, as well as the protective corners, are engraved with flowers and interlacing tendrils. The articulate lid opens with the help of two hinges. The feet of this chest, four hollow spheres are made in copper plate, and not in iron plate as one would typically found on pieces of this size.

This Namban chest is a fine and curious example of the influence that Portuguese art had on Japanese furniture, and was most probably commissioned for the European market as a marriage chest.

Este baú, em madeira lacada de preto (urushi), é decorado a ouro (maki-e) com embutidos de madrepérola (raden).
As suas ferragens (kazarikanagu) de cobre dourado, finamente cinzeladas com motivos florais sobre fundo puncionado conhecido por “ovas de peixe” (nanakoji), incluem o espelho de fechadura (aimeita) com sua lingueta, recortado e decorado por peónias lenhosas ou botan (Paeonia suffruticosa) e cabeças de animal, cantoneiras decoradas com feijoeiro do Japão ou kuzu (Pueraria lobata), com suas folhas características e gavinhas enroladas, dobradiças no tardoz decoradas com flores de cerejeira do Japão ou sakura (Prunus sp.), as gualdras das ilhargas, e as duplas argolas interiores (no tampo e frente) que permitiam manter aberto o baú através de corrente metálica.
À semelhança do mobiliário lacado Namban mais recuado, a decoração deste baú consiste em grandes painéis emoldurados por finas cercaduras junto às arestas com friso de gavinhas Namban (karacusa).
Na frente vemos um par (macho e fêmea) de faisões do Japão ou kiji (Phasianus versicolor) por entre paulónias ou kiri (Paulownia tomentosa), enquanto que no tampo são representados de novo dois pássaros, simbolizando uma união matrimonial, já que muitas destas peças de mobiliário para exportação foram produzidos para esse tipo de contexto, voando por entre flores, incluindo paulónias.
Enquanto o tardoz é decorado por trepadeiras do cabaceiro ou hisago (Lagenaria siceraria), as ilhargas são decoradas por árvores floridas, que incluem bordo do Japão ou momizi (Acer palmatum) e trevos do Japão ou hagi (Lespedeza bicolor).
Quando levantado, o interior do tampo revela a sua decoração de trepadeiras de cabaceiro, com seus frutos, a ouro, estendendo-se por todo o interior abaulado, em contraste com o restante interior integralmente revestido a laca negra.
A refinada decoração a ouro aplicada neste baú, conhecida por maki-e, literalmente “pintura polvilhada”, era comum no período Momoyama (1568-1600) no Japão, e também nos inícios do período Edo que se lhe seguiu.
É neste período e contexto de mútua aculturação que surge um tipo especial de laca para exportação combinando embutidos de madrepérola com um tipo de decoração conhecida por hiramaki-e, a que se chama nanban makie ou nanban shitsugei. Namban, ou Nanban-jin (literalmente, “Bárbaro do Sul”) é um termo japonês derivado do chinês que se refere aos mercadores, missionários e marinheiros portugueses e espanhóis que aportaram ao Japão nos séculos XVI e XVII. Namban tornou-se igualmente sinónimo do tipo de laca e outros produtos encomendados no Japão para o mercado interno ou para exportação, e que reflectiam o gosto ocidental, copiando protótipos europeus tal como este baú.
Objectos lacados de estilo Namban, produzidos em exclusivo para exportação, combinam técnicas, materiais e motivos decorativos japoneses com estilos e formas europeias, sendo uma das mais correntes a de cofres de tampo abaulado e baús de maiores dimensões, tipologia levada pelos portugueses para o Japão, e aí replicados.
A decoração deste tipo de baú é usualmente em painéis, com grandes cercaduras geométricas a separá-los, sendo mais raras as peças de painel único, como a presente. Exemplares semelhantes deste tipo específico encontram-se, por exemplo, no Schloss Fasanerie, Fulda (inv. DAS M91), no Museu Naprstek (Národni Muzeum), Praga (inv. 20611) onde existe um exemplar (37,0 x 70,2 x 46,5 cm) muito semelhante ao presente ou, do Legado Barros e Sá, um exemplar de menores dimensões (29,0 x 43,0 x 25,0 cm) com ferragens de prata no Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa (inv. 98 Cx).

Hugo Miguel Crespo

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Mobiliário

Formulário de contacto - Peças

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.