Marfins

F1037  Rara escultura em marfim sino-portuguesa, representando Nossa Senhora, que adapta, quer o entalhe da imagem à própria curvatura da presa, quer a iconografia europeia da Virgem Maria à deusa chinesa Kuan-Yin. Trabalho de grande beleza escultórica, de uma verticalidade elegante, representação característica de sua condição divina e expressão de espiritualidade e misticismo, próprias da arte cristã sino-portuguesa.

F920  Rara caixa paralelepipédica em marfim com tampa deslizante, elevada por cantoneiras. Apresenta quatro faces entalhadas e decoradas com reservas polilobadas separadas por flores – crisântemos, cravos, flores-de-lótus – e com edículas de tipo persa na tampa.

F1032  Menino Jesus de camilha, em marfim, impropriamente colocado sobre Orbis e peanha, passando a integrar a tipologia de Salvador do Mundo. De vulto pleno, calvo e de rosto oval, o nariz longo é aquilino, os olhos alongados, acentuados por matéria vítrea e a boca pequena, realçada por vestígios de pintura. As orelhas são bem desenhadas e realistas.

F842  Imagem de Menino Jesus deitado, em marfim, trabalho japonês do séc. XVII, que se integra no grupo designado “Meninos Jesus de camilha”. O Menino, com uma anatomia mais juvenil do que infantil, de vulto pleno, está adormecido, ligeiramente inclinado sobre o seu lado direito, com gestos delicados e expressão serena, sugerindo representação budista. Os cabelos são ondulantes, deixando a descoberto a testa alta, com orelhas bem definidas, nariz aquilino e a boca ligeiramente entreaberta.

F843 Menino Jesus de grandes dimensões em marfim, trabalho proveniente das oficinas luso‑tailandesas, do século XVII. Encontra-se “reclinado” na consagrada posição em que Buda morreu, sendo esta representação unicamente utilizada no budismo da Tailândia (antigo Sião); traduz a passagem de Buda para o nirvana, estado onde se alcança a profunda paz de espírito, pela pureza dos pensamentos.

F563 Menino Jesus em marfim, para camilha. Apresenta cabeça esferóide com rosto oval, assente em pescoço curto. O nariz é longo e ligeiramente achatado, com abas das narinas bem vincadas. As orelhas revelam uma anatomia natural e realista. A sua expressão é introspetiva, denotando uma espiritualidade e misticismo típico dos trabalhos do Extremo Oriente. O corpo apresenta-se retratado com refegos bem salientes, onde os membros surgem ligeiramente globosos, com articulações acentuadas e dedos pormenorizados.

F866  Raro olifante, ronca ou trompa de caça em marfim esculpido, trabalho provavelmente da Serra Leoa, do séc. XVI. De grande sobriedade de decoração, a presa é lisa, com corpo facetado, de secção oitavada, terminando numa gola de marfim mais claro, aspectos responsáveis pela raridade da peça e lhe conferem uma grande elegância. Na pequena curvatura, argola entalhada para suspensão e, na grande, dois orifícios para sopro. Um triplo anel separa-o da zona da boca decorada com estrias em ziguezague.

F154  Menino Jesus Salvador do Mundo em marfim. O rosto expressivo com cabelo formado por ondas de finos sulcos, nariz aquilino e boca em bico, traduz uma expressão recolhida e sonhadora, muito típica dos trabalhos efetuados na ilha de Ceilão. O corpo elegante encontra-se coberto por túnica com pregas verticais e insígnias finamente relevadas. Localizadas numa tira frontal, remetem para a antevisão que o Menino teria tido da sua paixão. Destas destaca-se a excepcional Verónica com a cabeça de Cristo crucificado.

F1042  Rara placa de marfim esculpido em médio e baixorelevo, de excelente trabalho escultórico, representando o tema iconográfico cristão denominado Pietà (Piedade), centrada no corpo de Cristo, amparado pela Virgem Maria, ladeados por dois anjos.

F913 Marfim Extraordinária escultura do Menino Jesus Bom Pastor, quer pelo tamanho, quer pela qualidade escultórica, realçando-se a minúcia da peça, uma verdadeira talha de ourives.Na escultura desenvolve-se o episódio evangélico do Bom Pastor, a Parábola da Ovelha Perdida.

Páginas