Virgem Maria

Nº de referência da peça: 
F1037

Rara escultura em marfim sino-portuguesa, representando Nossa Senhora, que adapta, quer o entalhe da imagem à própria curvatura da presa, quer a iconografia europeia da Virgem Maria à deusa chinesa Kuan-Yin. Trabalho de grande beleza escultórica, de uma verticalidade elegante, representação característica de sua condição divina e expressão de espiritualidade e misticismo, próprias da arte cristã sino-portuguesa.

A imaginária produzida na China manteve-se fiel aos protótipos europeus e indo-portugueses, mas apontava uma especificidade autóctone ao nível da qualidade técnica do entalhe e expressões faciais mais expressivas e claramente “achinesadas”. A simbiose é de tal maneira assumida que a arte cristã se torna permeável à simbologia chinesa. São escassas e invulgares as representações de Virgens sino-portuguesas existindo poucas com esta qualidade. A imagem é um bom testemunho do tratamento delicado e preciso, protótipo de suavidade, equilíbrio e beleza, que veio a resultar numa Obra-Prima de escultura sino-portuguesa do século XVII.

Marfim

China

Séc. XVII

Alt.: 20,0 cm

Ivory

China

17th c.

Height.: 20,0 cm

— SILVA, Nuno Vassalo e, Marfins no Império português, Lisboa, Scribe, 2013.

— TÁVORA, Bernardo Tavares e, Imaginaria Luso-Oriental, Lisboa, I.N.-C.M., 1983.

  • Arte Colonial e Oriental
  • Arte Cristã
  • Marfins

Formulário de contacto - Peças