Prato de Grandes Dimensões

Nº de referência da peça: 
C574

Raro prato em faiança portuguesa do segundo quartel do século XVII, de covo acentuado, aba lisa e levantada, revestido de esmalte branco com decoração pintada a azul‑cobalto. O fundo é preenchido com figura de um imponente fidalgo português de gibão, roupeta presa com cinto fluído, calças e meias atadas por fita, chapéu de abas largas e plumas, com espingarda ao ombro e espadim à cintura, rodeado por paisagem exótica com varandim, e pequeno rochedo com pessegueiro florido entre outros elementos florais.

A aba segue o modelo da porcelana chinesa Kraak do período Wanli com seis reservas limitadas por vírgulas, preenchidas de folhas de acanto exuberantes, que alternam com padrão de enrolamentos com pérola ao centro e romã na base, seguindo as bandas verticais de flores de romãzeira ou colunelos de laçadas com “selos” suspensos dos pratos Kraak. Ete tipo de decoração, com influência da porcelana chinesa é a ornamentação mais emblemática da faiança portuguesa do século XVII. O verso apresenta doze filetes oblíquos.

Esta peça é a capa do livro Cerâmica Portuguesa e outros Estudos de José Queirós (2002).

 

Faiança portuguesa, Lisboa, 1620–1640, Diâm.: 35,0 cm

Portuguese faience, Lisbon, 1620–1640, Diam.: 35,0 cm

  • Arte Portuguesa e Europeia
  • Azulejos e Faianças

Formulário de contacto - Peças