Pote Wucai

Nº de referência da peça: 
C747

Pote em porcelana em forma de balaústre com colo curto com decoração de vários esmaltes, comum neste período de transição da dinastia Ming para a dinastia Qing. A decoração ocupa todo o corpo, com um fundo de espirais em vermelho-ferro, corolas de flores e folhas verdes.

Destacam-se quatro ínsulas de mar a azul, rodeados de vagas verdes que se propagam em agitações de espuma por toda a composição, com quatro cavalos coloridos a galope sobre a espuma, símbolo de velocidade e perseverança. Por baixo de cada animal, quatro dos “oito emblemas budistas”: a concha, a folha, o losango em azul-cobalto e as fitas a verde. Sob cada ponta do mar os restantes “objetos preciosos”: a jóia, a pintura, o losango e a sapeca, seguindo a mesma paleta de cor que os outro emblemas. No ombro, uma faixa contínua de enrolamentos vegetalistas com crisântemos e peónias floridas.

O colo ostenta uma banda de elementos geométricos – triângulos – em azul, vermelho-ferro e verde que alternam entre si. Junto à base, bordadura constituída por barras azuis entre vermelho-ferro e verde.

China

Período de transição (1640–1660)

Alt.: 31,5 cm

Chinese glazed porcelain

Transition period (1640–1660)

Height: 31,5 cm

 MATOS, Maria Antónia Pinto de, A Casa das Porcelanas, IPM – Casa Museu do Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, 1996, p. 159.

— MATOS, Maria Antónia Pinto de; MONTEIRO, João Pedro, A Influência Oriental na Cerâmica Portuguesa do Século XVII (Catálogo), Lisboa, Electa 94, 1994, p. 59.

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Porcelanas
Peças Vendidas

Formulário de contacto - Peças