Par de Bases de Tocheiros

Nº de referência da peça: 
F483

Excepcionais bases de tocheiros indo-portugueses, em teca entalhada e policromada. Pernas em forma de anjo, assente sobre voluta e terminando em pé de garra; as cabeças dos anjos sustentam tampo triangular. Painéis decorados com elementos vegetalistas e volutas, com reservas centrais representando Querubins e IHS – Insígnias da Companhia de Jesus.

Uma base ostenta o brasão de Frei Francisco dos Mártires, nomeado Arcebispo de Goa em 1636 e Governador da Índia em 1651. Fez parte do 2.º Conselho Governativo (1651–1652) e faleceu em 1652, encontrando-se sepultado na Sé de Goa. A outra tem as Armas Silva e Castro (?), correspondendo com maior probabilidade a um descendente de D. Filipe de Castro, Capitão de Damão em 1550, que lançou primeira pedra do Convento de S. Paulo, e teriam sido oferecidos, por um dos seus descendentes, ao Convento aquando da sua conclusão.

Dada a sua imponência e importância, estas peças serão seguramente de uma das grandes Casas Jesuítas, senão de Damão seguramente de Goa – São Paulo o Velho, São Paulo o Novo, São Roque, ou mesmo do Bom Jesus, sendo o brasão atribuível à família que as ofereceu à instituição.

Teca entalhada e policromada

Goa

séc. XVII

Dim.: 2 × (70,0 × 79,0 × 70,0 cm)

Painted and gilt teak

Goa

17th c.

Dim.: 2 × (70,0 × 79,0 × 70,0 cm)

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Mobiliário

Formulário de contacto - Peças