Mocho, séc. XVII

Nº de referência da peça: 
B260

Raro e original recipiente em prata portuguesa do século XVII, concebido como uma escultura de cariz naturalista representando um mocho, peça de que se conhecem muito poucos exemplares e que teria sido utilizada durante o culto religioso. É constituído por duas partes: a tampa, em forma da cabeça da ave e o receptáculo, com a fisionomia do corpo do pássaro de pé sobre as patas e com as asas sobrepostas sobre a cauda. O bico é adunco e os olhos têm material vítreo branco e preto incrustado.

A ornamentação é composta por bonitas penas cinzeladas, que cobrem todo o objecto, destacando‑se o grande realismo das patas. Este Mocho, continha esferas de chumbo no seu interior, sustentando a afirmação de que estas peças podem ter sido utilizados para segurar as toalhas de altar. Peça de grande interesse, o valor reside não somente na riqueza material e artística, mas também, no facto de só se conhecerem oito peças com as mesmas características.

Alt.: 16,0 cm Peso.: 248,0 g 

Owl Portuguese Silver, 17Th c.

Height: 16,0 cm Weight: 248,0 g

  • Arte Portuguesa e Europeia
  • Pratas

Formulário de contacto - Peças