Menino Jesus Deitado

F865  Menino Jesus reclinado sobre o flanco direito,escultura luso-oriental do séc. XVII, em madeira com bela policromia. Numa representação naturalista, o Menino está adormecido sobre o tronco de uma árvore. A cabeça é esculpida com grande delicadeza e traços fisionómicos chineses: cara redonda, olhos rasgados e boca pequena. Toda a suaexpressão se assemelha a um pequeno Buda, sugerindo tratar-se de um exemplar da imaginária do Extremo Oriente. Vestido de traje com uma grande gola, que nos faz lembrar um kimono, segura no regaço, com as duas mãos roliças, um círculo de flores que ampara uma cabaça. Tal como na tradição cristã Jesus Cristo segura o Globo na mão, na doutrina Taoista, o Yin e o Yang, são representados simbolicamente por um círculo e constituem o equilíbrio entre a ordem e o caos natural do Universo. O tronco é uma alegoria à Árvore do Conhecimento, a figueira Boddhi nas margens do rio Nairanjana, onde Buda, através da meditação, se transforma num jovem devoto revelador da Verdade e do Absoluto. É forte, robusto e repleto de nós, aparentando o Pinheiro Negro Japonês que se encontra na orla marítima – uma árvore perene, com madeira muito dura – muito utilizada para esculpir e frequentemente encontrada nos netsuke, adornos para a faixa do Kimono. Tanto nestas pequenas e requintadas miniaturas,como nas peças de coral chinês, os troncos apresentam enormes semelhanças de forma com a presente escultura; as suas pequenas dimensões e grande qualidade, estão muito no espírito dos netsuke. Pesa ainda o facto de ter sido utilizada madeiranuma escultura tão pequena, e não o marfimcomo estamos habituados na imaginária luso‑oriental, em que a madeira é mais comum nos trabalhos de maiores dimensões; este pormenor leva-nos também a considerar a hipótese desta miniatura ser de origem nipónica, uma vez que o elefante não faz parte da fauna local no Japão. Em suma, trata-se de uma escultura do Extremo Oriente e, embora alguns factos possam sugerir o trabalho de um artesão chinês, a maioria faz pender mais para um trabalho do período Momoyama, período em que os missionários jesuítas tentavam encontrar maneira de incentivar a conversão das populações locais ao Cristianismo, abrindo caminho à evangelização e permitindo que a comunidade dos Kirishitan construísse 200 igrejas no território japonês.

Madeira policromada e dourada Japão, período Momoyama (1568–1600) (?), China (?) Dim.: 11,0 x 8,5 cm Gilded and polychrome carved wood Japan, Momoyama Period (1568–1600) (?), China (?) Dim.: 11,0 x 8,5 cm

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Adagas e Polvorinhos

Formulário de contacto - Peças