Garrafa

Nº de referência da peça: 
C500

Garrafa paralelepipédica em faiança portuguesa do séc. XVII, de secção quadrangular com ombro arredondado, colo curto e cilíndrico, gargalo proeminente, coberta a esmalte branco com pintura a azul-cobalto. Está decorada com quatro painéis arqueados onde se inscrevem cartelas, preenchidas por elementos decorativos vegetalistas de influência oriental: crisântemo com duas flores e respectivos ramos e folhas estilizadas em vários tons de azul, sobre vidrado. O ombro é ocupado por faixa barroca de acantos e o gargalo proeminente em esmalte branco.

O formato baseia-se nos frascos europeus de vidro usados para guardar bebidas, proporcionando fácil arrumação em caixas de madeira para melhor transporte. Este modelo foi ainda adaptado a garrafas de porcelana chinesa e laca japonesa da época, como as pertencentes ao Museu Nacional de Arte Antiga, à Fundação Medeiros e Almeida e à Fundação Oriente (Garrafa Vilas Boas e Faria) em Lisboa e ao British Museum em Londres.

Deste modo, este frasco é inédito na sua forma e decoração. Não representa um modelo tipológico determinado, podendo, no entanto, ser atribuido a um grupo produzido na primeira metade do século XVII, mais especificamente no segundo quartel, cujas características principais são a utilização de pigmento azul-cobalto sobre esmalte branco, e a decoração chinesa associada aos acantos europeus, pintados no ombro do frasco.

Faiança Portuguesa, Lisboa, 1630–40 (?) Dim.: 26,5 x 12,0 x 12,0 cm

Portuguese faience bottle, Lisboa, 1630–40 (?) Dim.: 26,5 x 12,0 x 12,0 cm

Referências:

  • SANTOS, Varela, Portugal na Porcelana da China – 500 anos de Comércio, Vol. I, Lisboa, Artemágica, 2007, pp. 191 e 192
  • CASIMIRO, Tânia Manuel, “Faiança Portuguesa: datação e evolução crono-estilística”, in Revista Portuguesa de Arqueologia, Vol. 16, Lisboa, DGPC, 2013, pp. 351–367
  • MATOS, Maria Antónia Pinto de, MONTEIRO, João Pedro, A Influência Oriental na Cerâmica Portuguesa do Século XVII (Catálogo), Lisboa: Electa 94, 1994
  • SANTOS, Reynaldo dos, Faiança Portuguesa – Séculos XVI e XVII, Porto, Galaica, 1960.
  • IMPEY, Olivier e JÖRG, Christiaan, Japanese Export Lacquer, 1580 – 1850, Amsterdam, Hotei Publishers, 2005.
  • Arte Portuguesa e Europeia
  • Azulejos e Faianças

Formulário de contacto - Peças