Cómoda D. José

A427 Elegante meia-comoda D. José, do século XVIII, em pau-santo maciço de bonita vergada. Tampo de forma retangular, recortado, com linhas onduladas, emolduradas e rebaixadas, acompanhando a curvatura da frente e ilhargas. Caixa ondulada e abaulada, com duas gavetas e gavetão, orlados por moldura simples. Saial da frente recortado e entalhado, marcado por concha central, denticulada e assimétrica, ladeada por volutas concheadas em “C” e “S”, e finas hastes floridas. Ilhargas recortadas e entalhadas com motivos decorativos rocaillescos. As pernas galbadas e decoradas nos joelhos, por concha central denticulada e ladeada por elementos vegetalistas, terminam em pés de garra e bola. As ferragens são em bronze dourado, encimadas por mítico animal, com corpo de fénix alada.

Pau-santo Portugal, séc. XVIII Dim.: 84,0 × 104,0 × 57,0 cm Rosewood Portugal, 18th c. Dim.: 84,0 × 104,0 × 57,0 cm — FREIRE, Fernanda Castro, Mobiliário II, Lisboa, Fundação Ricardo do Espirito Santo Silva, 2002. — PINTO, M. Helena Mendes Pinto, Os Móveis e o seu Tempo – Mobiliário Português do M.N.A.A., Lisboa, IPPC-MNAA, 1985–87.

  • Arte Portuguesa e Europeia
  • Mobiliário

Formulário de contacto - Peças