Cofre

Nº de referência da peça: 
F1154

Raro cofre Cingalês do séc. XVII em marfim com aplicações em prata, tampa plana de abater de dimensão ligeiramente superior ao corpo e elegantes pés em bolachas torneadas.
A base é formada por quatro painéis de aproximadamente 10 mm de espessura unidos por juntas malhetadas cegas a meia esquadria. Dois painéis de largura invulgar formam a sólida tampa, sendo a base composta por três secções.
As faces exteriores são profusamente entalhadas em baixo relevo com grandes enrolamentos de videiras e flores de lótus estilizadas, simetricamente distribuídas em cada painel. Apesar to indiscutível carácter Cingalês deste esquema decorativo a delicadeza do entalhamento é claramente inspirada por por gravuras europeias sendo similar ao naturalismo botânico presente nos melhores trabalhos em pedra do periodo Mogol, especificamente datados dos reinados dos imperadores Jahangir (1605-1627) e Shah Jahan (1628-1658).

Marfim e prata
Cíngalo-Português, meados do séc. XVII
Dim.: 14,5 x 31,0 x 20,0 cm

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Marfim, Tartaruga e Madrepérola

Formulário de contacto - Peças