Caixa-Escritório

Nº de referência da peça: 
F1123

Importante caixa escritório indo-portuguesa,
entalhada em baixo-relevo com tampa de rebater e gavetão, lacada e negro e dourada. A tampa é articulada por gonzos em ferro, e ferrolho do mesmo metal com decoração incisa, fechando sobre espelho em forma de escudete liso com vestígios de ouro; cinco tachões radiados cobrem as pontas dos grampos, tanto do ferrolho como da dobradiça.
Na face superior, uma figura de caçador português vestindo gibão e uma filactera em relevo com um verso de Luís de Camões, da primeira carta de Ceuta publicada em 1549, sobressaem de um padrão vegetalista.
No interior da tampa uma águia bicéfala a ouro ladeada por bandas simétricas e ondulantes com elementos vegetalistas de cariz renascentista. O interior compartimentado e lacado a encarnado.
O painel frontal, sobre o qual se fecha o ferrolho, bloqueando simultaneamente a caixa e o gavetão, é decorado por elementos vegetalistas repetindo o mesmo padrão da tampa e das restantes faces. Na sua metade inferior existe uma gaveta com puxador em forma de tesoura, e múltiplas divisórias no interior, lacadas a encarnado, sendo destinadas a tinteiros e materiais de escrita.

Madeira de teca entalhada, lacada e dourada com ferragens em ferro
Golfo de Bengala (?), finais do séc. XVI ou início do séc. XVII
Dim.: 17,0 x 44,5 x 34,0 cm

Inscrição na tampa: DAVA.LHO. VEMTO. NO. CHAPEIRÃO. Q(EU)R LHE DÊ Q(ER)R NÃO

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Lacas

Formulário de contacto - Peças