Banca de Escrita

Nº de referência da peça: 
A420

Invulgar banca ou mesa de escrita indo‑portuguesa do século XVII em teca e sissó, com embutidos e guarnições em marfim e ébano. A decoração invade todo o móvel, tirando partido do efeito contrastante das madeiras utilizadas: embutidos escuros de ébano sobre o fundo claro da teca, pontuados por pequenas cavilhas de marfim, que matizam as superfícies de pontos brancos.

O tampo é retangular, com considerável balanço lateral, característico das bancas indo‑portuguesas, ricamente decorado com padrão geométrico distribuído por duas reservas e forma com a caixa um corpo único, que assenta nas pernas através de assemblagem em respiga. Esta, com duas gavetas, apresenta composição decorativa idêntica à do tampo, em círculos secantes de ébano centrados em estrelas octogonais de ébano ponteadas em marfim.

Este tipo de ornamentação apresenta nítida influência islâmica e é comumente denominada de Diaprés. As pernas, ligeiramente divergentes e de travejamento duplo, ostentam um assombroso trabalho de marcenaria, ritmado pelos torcidos das espirais, em movimento helicoidal, que se unem em continuidade – afinidades análogas à própria linguagem decorativa. As espirais das travessas são interrompidas, ao centro, por discos em teca ebanizada, que coordenados com as volumosas superfícies esféricas dos pés, dão à peça um valor estético extremamente relevante.

Este corpo, também ele autónomo, apresenta decoração de ramagens estilizadas em ébano, pontilhadas de marfim. Completam a ornamentação, os escudetes e as cantoneiras, em cobre fino e rendilhado dourado a azougue, assim como, os pines de latão que demarcam o aro das gavetas. Este tipo de mesa era denominado “banca de escrita”, dispondo de duas gavetas escrivaninhas para acomodar o material. A decoração é típica das marcenarias do estado português da Índia, em círculos secantes com estrela inscrita, que se tornou num dos padrões mais nobres e requintados.

Teca, ébano, sissó e marfim

Indo-portuguesa

Séc. XVII

Dim.: 79,0 × 100,0 × 65,0 cm

Teak, ebony, sissoo and ivory

Indo-Portuguese

17th c.

Dim.: 79,0 × 100,0 × 65,0 cm

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Mobiliário

Formulário de contacto - Peças