Arca Indo -portuguesa

A430  Importante arca de grandes dimensões, em madeira de angelim, paralelepipédica, com tampo plano de abater, trabalho indo‑português do século XVI. O tampo é de encaixe, com dimensão superior ao corpo e formado por uma única prancha de madeira rematada por régua lateral, articulando em seis gonzos de ferro, com uma coaptação perfeita. O remate ortogonal dos bordos é à meia esquadria, à maneira de Quinhentos. A decoração exterior é obtida através de dez tachões lisos e circulares, que escondem os grampos dos gonzos e das argolas da aldraba. O corpo é também elaborado com pranchas únicas de madeira, tanto no fundo como nas quatro paredes, com emalhetado em “cauda de andorinha”, com tachas de ferro nas arestas, da frente e nas ilhargas. Estas diferem dos tachões do tampo nas dimensões e decoração, motivos florais simulando margaridas. A fechadura com segredo é de aldraba em forma de “T”, com três nós salientes, do tipo Mogol. O espelho é recortado, alternando vírgulas e flores-de-lis, dispostas em cruz, aposto ao móvel através de cinco pines. Chave em ferro forjado. Grandes pegas ovóides de suporte, nas ilhargas, rodam em argolas sobre dois tachões. A simplicidade exterior desta arca contrasta com a enorme riqueza decorativa do interior.

Madeira de angelim, lacada e dourada Cochim, séc. XVI Dim.: 65,0 × 168,0 × 86,5 cm An Indo -Portuguese Chest Lacquered and gilded angelim's wood Cochim, 16th c. Dim.: 65,0 × 168,0 × 86,5 cm

  • Arte Colonial e Oriental
  • Artes Decorativas
  • Mobiliário

Formulário de contacto - Peças