Coleções

Garrafa paralelepipédica em faiança portuguesa do séc. XVII, de secção quadrangular com ombro arredondado, colo curto e cilíndrico, gargalo proeminente, coberta a esmalte branco com pintura a azul-cobalto. Está decorada com quatro painéis arqueados onde se inscrevem cartelas, preenchidas por elementos decorativos vegetalistas de influência oriental: crisântemo com duas flores e respectivos ramos e folhas estilizadas em vários tons de azul, sobre vidrado. O ombro é ocupado por faixa barroca de acantos e o gargalo proeminente em esmalte branco.

Marfim com policromia
Kandi, Ceilão, séc. XVII / XVIII
Dim.: 45,0 x 5,0 cm

Fan-Handle
Polychrome ivory
Kandy, Ceylon, 17th /18th century
Dim.: 45,0 x 5,0 cm

Cómoda em nogueira entalhada em tombeau. Estrutura bombée com tampo liso de formato rectangular e recortado, moldurado e saliente, acompanhando a acentuada movimentação da caixa em curva e contracurva, repousando sobre tripla moldura. Frente com três renques de gavetas: sob o tampo, duas iguais e, nos restantes, um gavetão com cercaduras periféricas proeminentes e quebras laterais, separados por estreitos entrepanos lisos, com excepção do superior,que apresenta um friso de tremidos com diferentes angulações, irradiados a partir do centro.

Raro e importante lampadário Josefino em prata. Corpo constituído por três elementos profusamente decorados com elementos arquitectónicos, cartelas, enrolamentos, elementos vegetalistas e fitas, repuxados e cinzelados, terminando com pendente em forma de sino.

Suspenso por três réguas de ligação, decoradas com enrolamentos e flores que terminam, em ambos os topos, em cabeça de anjo. Todas as peças estão puncionadas.

B139 - Invulgar par de castiçais em prata dourada, fabrico Nórdico, possivelmente Alemanha, dos finais do seculo XVI, inícios do século XVII.

Base circular com fustes bojudos e decoração relevada de “frutos, folhagens e flores-de-lis”que se prolongam por contas e gomos de cariz geométrico, intercalados até ao copo. Junto das arandelas sobressaem três aletas em curva e contracurva suportadas por bolacha com mascarões repuxados e cinzelados. O copo oitavado intercala flores de lótus com faces lisas.

Menino Jesus de camilha, em marfim, impropriamente colocado sobre Orbis e peanha, passando a integrar a tipologia de Salvador do Mundo. De vulto pleno, calvo e de rosto oval, o nariz longo é aquilino, os olhos alongados, acentuados por matéria vítrea e a boca pequena, realçada por vestígios de pintura. As orelhas são bem desenhadas e realistas.

“Cena do Quotidiano”

Frasco de chá em forma de balaústre, do período Kangshi, em porcelana branca decorada a azul- cobalto com tampa de prata. O bojo ostenta o brasão de armas de D. Pedro de Lancastre Silveira Valente Castelo Branco Vasconcelos Barreto e Meneses, encimado por pelicano com cabeça invertida e ladeado por ramagens com bagas.

Páginas